Cruzeiros no Mediterrâneo

Os cruzeiros deste destino oferecem a opção de três principais roteiros. O Leste, Oeste, e o Mar Negro. Há também os que cruzam o Canal de Suez e voltam para o Mediterrâneo. Os principais portos de embarque são: South Hampton, Londres, Roma, Barcelona e Atenas.

Cruzeiro no Medirreaneo

Cruzeiro no Medirreaneo

Começando pelo Oeste fique atento na escolha do roteiro. Evite frustrar-se com determinados portos. Meus favoritos: Barcelona, Ibiza, Malta, Roma, Livorno e Mônaco. Esses não podem estar fora de seu roteiro. Casablanca também é o que há. O mesmo com Portimão e Lisboa, ambos em Portugal.

Assim como no Caribe o Leste é a nata, ou melhor dizendo, crème de la crème das escalas do Med. . Portos gregos, egípcios com suas pirâmides e a capital, Cairo. Israel (Jerusalém, Tel Aviv e Nazaré), Turquia e Itália. Simplemente deslumbrantes e diferentes, no que diz respeito à historia, cultura e à beleza. Recomendo, e muito, esse segundo roteiro.

Cruzeiro no Mediterraneo

Cruzeiro no Mediterraneo - Jerusalem

Por último, a combinação do Leste com o Mar Negro, com portos que não têm muito a oferecer em termos de atividades e experiência no saber receber  turistas. Nesse tipo de cruzeiro, você conhecerá Ucrânia, Turquia, Rússia, Georgia e Grécia. Lugares diferenciadíssimos, na cultura e no exotismo.

O tempo de duração dos cruzeiros nessa regiao variam de 14 a 20 dias. E em quase todos os portos os navios atracam. O que facilita muito.

Anúncios
Categorias:Uncategorized

Cruzeiros na Riviera Mexicana

Riviera Mexicana

Riviera Mexicana

Os cruzeiros na Riviera Mexicana iniciam-se logo após o encerramento da temporada do Alaska com o reposicionamento dos navios de lá para o México(contudo, ha algumas armadoras que oferecem cruzeiro durante todo o ano). Seus três principais portos de embarque são: San Diego, Long Beach e Los Angeles. Long Beach é em Los Angeles, portanto você pode fazer a sua escolha para qualquer um dos dois.

Caso queira ver de perto o glamoroso hotel flutuante, “Queen Mary”, um dos mais consagrados transatlânticos do mundo, escolha o porto de Long Beach. Dica: economize tempo e dinheiro, hospedando-se no “Queen Mary”, antes  ou no final de seu cruzeiro.

Riviera Mexicana

Riviera Mexicana

Geralmente, os cruzeiros têm a duração de sete a oito dias. Fique atento na escolha dos portos desse itinerário, já que alguns deles oferecem poucos atrativos, tais como: Manzatlan e Manzanillo. Outros são glamurosos e lindos, Cabo San Lucas e Puerto Vallarta.

Quanto às companhias marítimas você poderá escolher entre a Royal Caribbean, Carnival, Holland America, NCL, Princess, dentre outras.

Categorias:Uncategorized

Cruzeiros no Alaska

Por mais que pareça aos brasileiros um detino exótico e/ou novo, os cruzeiros pelo Alaska já acontecem por lá há muitos anos e, hoje, é um dos mais conhecidos em todo o mundo.

O Alaska esbanja por sua grandiosa beleza natural. Os navios navegam a maior parte do tempo por estreitos, dando-nos a oportunidade de apreciar e porque não dizer, deslumbrar com espetáculos naturais inéditos.  Imponentes montanhas e fjords cobertos por neve, florestas de pinheiros e/ou simplesmente areia, cercam o navio pelos dois lados.

Cruzeiro no Alaska

Cruzeiro no Alaska

A fauna é fantástica. baleias e golfinhos circundam os navios; simplemente um espetáculo à parte. Nao esqueca de levar um binoculo.

O que mais fascina são as excursões e a facilidade que você tem ao desembarcar, por alcançar o centro das cidades portuárias, caminhando. Pequenas e acolhedoras, essas cidades contam com um bom comércio e preços super acessiveis.

Os cruzeiros no Alaska normalmente têm a duração de sete a quatorze dias. Os mais comuns e procurados são os de sete. Oferecem duas opções:  Cruzeiros bate e volta e os que têm início em Seattle ou Vancouver com término em Wittier (Anchorage), ao norte do Estado Americano.

Sem dúvida alguma, recomendo a segunda opção. Nela você terá a oportunidade de conhecer o principal atrativo da região: a Glacier Bay(rio congelado), com sua parede de gelo a poucos metros do navio. Uma maravilha!

Cruzeiro no Alasca

Cruzeiro no Alasca

Nos cruzeios bate e volta, não deixe o porto de Victoria no Canadá  fora de seu roteiro. E fique atento, nós, os brasileiros, precisamos de visto para o Canadá. Sem visto, você não pode embarcar.

Outra: acontecendo uma sobra financeira e tempo livre, a Princess Cruise e a Holland América oferecem alguns dias antes/depois de seus cruzeiros em hospedagem estilo casa de campo, e passeios de trem com teto de vidro. Imperdível.

Categorias:Uncategorized

Cruzeios no Caribe

Sim, um cruzeiro pelo Caribe não é só como você sempre imaginou; é muito mais. Praias paradisíacas, águas cristalinas, piña colada, sol e gente bonita. E não para por ai. O bom desse destino são as inúmeras opções de navios, de companhias marítimas, além de ilhas maravilhosas e excelentes roteiros.

Cruzeiros no Caribe

Cruzeiros no Caribe

Especificamente sobre cruzeiros de lá, tenha em mente que 99% dos navios zarpam dos EUA, ou seja, você certamente vai precisar de um visto americano.

Os navios navegam tanto ao Leste, Oeste ou Sul caribenhos. A opção é sua. Nas vezes que por lá estive com a Carnival, Princess e P&O, aponto o Leste e o Sul caribenhos como as melhores opções. Sem querer desprezar o Oeste com Cozumel, Belize e Gran Cayman.

Dentre os meus portos favoritas, indiscutivelmente estão: St. Marteen, Bonair, Tortola, St. John, Cozumel (para os que gostam de mergulhar), Grand Turk, Roatan em Honduras e Belize.

Quanto ao tempo de duração de um cruzeiro, grande parte são de sete dias. E normalmente, atracam em três ou quarto portos diferentes.. Há também os de três a quatro noites. Enfim, fique atento quanto aos horários de chegada e saida do seu navio em cada porto.

No que diz respeito a companhias marítimas, a Carnival, Princess, Holland America, Royal Caribbean, MSC, P&O, dentre outras, operam por lá durante todo ano. Leia no Guia de Cruzeiros Maritimos sobre o perfil de cada uma delas. Para evitar frustracoes tais como de jovens embarcarem pela Holland America Line.

Categorias:Uncategorized

A MELHOR CIA DE CRUZEIRO PARA VOCE TRABALHAR

Desde  2004 venho trabalhando a bordo em navios de várias companhias de cruzeiro: Carnival, Princess, P&O Cruises, Norwegian Cruises e Holland America. Com isso, pude observar que condições de trabalho diferem bastante de uma companhia para outra, claro. Assim como normas, regulamentos e salários.

Por exemplo, para o cargo front desck/purser, a Carnival paga $1.400,00/mês, a Princess $1.500,00 + $100 extra por mês a cada contrato cumprido.  Contudo, o sistema e o volume de trabalho na Princess é bem maior que na Carnival. Na SilverSeas, um front desck/purser começa com $2.000 ao mês. E por ai vai.

E para você tripulante e/ou futuro membro dessa família, escrevo no Cia vs. Cia do CrewGoes, um pouco de  minhas experiências de trabalho em cada uma dessas Cias, para você melhor eleger na escolha de sua armadora.

Em algumas armadoras mencionadas no Cia vs. Cia do CrewGoes , não tive a oportunidade de trabalhar, todavia. E para agregar mais a este espaco, solicitei a colaboração de amigos de outras companhias maritimas.

Numa breve visão geral, destaco a Carnival como a que oferece as melhores condições de trabalho para os enquadrados como Crew e Staff. Belos refeitórios, buffet da meia noite, festa aos aniversariantes do mês e o melhor crewbar dos sete mares. Contudo, possui um leque de atuação no mercado bastante limitado, por navegar em 90% em águas caribenhas, o que depois de certo tempo, faz de sua vida uma monotonia sem fim.

“…as cias são segmentadas, não somente para passageiros mas também, de certa maneira para tripulantes”.

Para quem é Officer, indiscultivelmente a Princess, P&O, Crystal e Holland America são as melhores. Por proporcionarem desde servico-de-quarto a um crew bar separado (wardroom), além de outras boas regalias ou privilégios.

Um clássico exemplo tambem, acontece na Princess, onde os cargos no Cruise Staff/Entertainment e Front Desck/purser sao Officers, o que já nao acontece na NCL.

Na Carnival, os front desck/purser são Officers e já o Cruise Staff/Entertainment não, na P&O acontece exatamente ao contrário que na Carnival. Fique atento!

Outra coisa curiosa, trabalhar na Holland America Line, é a mesma coisa que estar 24 horas rodeado por Filipinos e na Princess é sempre poder contar com oito a dez brasileiros a bordo com você, o que é rarihssimo de acontecer nas demais armadoras, principalmente na P&O, a não ser nas que operam na costa brasileira.

Ao escolher uma companhia para trabalhar, defina bem o que você quer desse estilo de vida; dinheiro, conhecimento profissional, dar um tempo na vida ou divertir-se. Já que cada uma das armadoras contam com diferentes regras, condições de trabalho, salários etc.

Enfim, utilizem-se amigos e tripulantes desse espaco para tirar dúvidas, agregar (bernardo@crewgoes.com) e compartilhar informações, para evitar as barbadas e furadas ao trabalhar nos sete mares. Pelo incrível que pareça as armadoras sao segmentadas não somente para passageiros, mas também, de certa maneira, para tripulantes.

Leia sobre as diferencas e semelhancas entre as Cias de Cruzeiro no crewgoes.

Categorias:Uncategorized

Paraíba será inserida no Guia dos Portos Turísticos do Brasil –

26-11-2009

O escritor Bernardo Porfírio, do Guia de Cruzeiros Marítimos, da editora Publifolha, esteve em Cabedelo, João Pessoa e Conde realizando uma pesquisa in loco para colher informações a serem utilizadas na produção da mais nova publicação do setor: Guia de Portos Turísticos do Brasil. O guia será útil no auxílio do passageiro de cruzeiros em relação aos atrativos turísticos culturais das cidades portuárias do Brasil e a Paraíba será inserida. A partir do dia nove de dezembro, o Porto de Cabedelo receberá 14 atracações do navio MSC Melody, da companhia italiana MSC Cruzeiros.

Bernardo Porfírio teve o apoio logístico da Prefeitura de Cabedelo, através das Secretarias de Turismo e Esporte e de Cultura; do Porto de Cabedelo; da Operadora Tambaú, representante da MSC Cruzeiros em João Pessoa, Recife e Maceió; da Secretaria de Turismo de João Pessoa e do Convention Bureau de João Pessoa.

Durante dois dias de visitas, o escritor conheceu as principais praias paraibanas, os museus, as edificações históricas e os restaurantes, oportunidade em que fez degustação da culinária local. Segundo o escritor, todos esses elementos serão destacados e abordados no livro. “Fiquei surpreso com o potencial turístico daqui, não apenas pela beleza das praias, que é indiscutível, mas também pelas particularidades como a história do açúcar, o artesanato, a ilha da Areia Vermelha e o espetáculo a parte do entardecer ao som do Bolero de Ravel, na Praia do Jacaré, em Cabedelo”, revelou Bernardo Porfirio.

Bernardo Porfírio é graduado em Arquitetura e Urbanismo e trabalhou pela Organização de Aviação Civil Internacional no Instituto de Aviação Civil, no Rio de Janeiro. Concluiu MBA em Hotelaria, Turismo e Entretenimento na Fundação Getúlio Vargas. Trabalha a bordo de navios de cruzeiros desde 2004. Este ano está viajando pelos 34 portos brasileiros colhendo informações para o Guia de Portos Turísticos do Brasil, que será lançado na próxima temporada de cruzeiros, 2010/2011. Ele é autor do site http://www.crewgoes.com, para interessados em trabalhar a bordo de cruzeiros.

O escritor também participou de uma reunião para o receptivo do MSC Melody e esteve com as secretárias de Turismo de Cabedelo, Nanete Correia, e de Cultura, Marieta, e com o secretário de Turismo de João Pessoa, Elzário Júnior. “Só tenho a agradecer, e muito, o apoio local. Em especial a Nanete Aguiar e Catia Melo de Operadora Tambaú, responsável pelo receptivo do Melody.

fonte: Tirsmo em Foco / Cabelo/JoaoPessoa

Categorias:Uncategorized

Escritor Bernardo Porfírio visita Secretaria Municipal de Turismo

Primeirea Edição – Maceió – AL
Diminuir letraAumentar letra
(23/11/2009 15:38)

 

Secom
Secom

A Secretaria Municipal de Promoção do Turismo, Indústria e Comércio (Semptur) recebeu, na semana passada, a visita do escritor Bernardo Porfírio, do “Guia de Cruzeiros Marítimos – Tudo que Você Precisa Saber Para Realizar a Viagem dos Seus Sonhos” – da editora Publifolha.

Em Maceió, o escritor contou com apoio logístico da Semptur para colher informações sobre que o turista de cruzeiro pode fazer fora do navio, como passeios, museus, restaurantes e compras para o novo guia, agora direcionado para passageiros e tripulantes.

“Maceió me surpreendeu. Não conhecia a cidade e quando olhei este mar parece que estava no Caribe. Nesse guia quero mostrar ao passageiro de cruzeiro como é enriquecedor conhecer a cidade onde os navios aportam e Maceió é uma cidade para conhecer e voltar porque tem bons hotéis, gastronomia excelente, artesanato rico e um povo acolhedor”, disse Porfírio.

Durante dois dias, o escritor conheceu o Porto de Maceió, o Pontal da Barra, a orla urbana de Maceió, o Museu Théo Brandão, a Galeria Karandash, o bairro histórico de Jaraguá, o Mercado do Artesanato e provou a diversidade gastronômica de Maceió. Também visitou as duas agências que vendem passeios turísticos nos navios

A secretária Claudia Pessôa informou que o guia com informações sobre as cidades será uma ferramenta importante para promover Maceió junto aos turistas de cruzeiros.

“È muito bom receber a visita de um profissional como Bernardo Porfírio, que conhece o mundo através de cruzeiros, e sair daqui com a melhor visão de Maceió. Os turistas de cruzeiro que passam no máximo até sete horas na capital alagoana ficam com gostinho de quero mais e retornam como nosso hóspede”, afirmou.

Bernardo Porfírio é graduado em Arquitetura e Urbanismo e trabalhou pela Organização de Aviação Civil Internacional no Instituto de Aviação Civil, no Rio de Janeiro. Concluiu MBA em hotelaria, turismo e entretenimento na Fundação Getúlio Vargas.

Trabalha a bordo de navios de cruzeiros desde 2004. Este ano, está viajando pelos 34 portos brasileiros colhendo informações pa-ra o Guia, que será lançado na próxima temporada de cruzeiros.

por Secom
Categorias:Uncategorized